PROCURAR NO MEU BLOG

sexta-feira, 14 de maio de 2010

BATALHAR PELA FÉ

Uma convocação é feita para uma batalha espiritual. As armas desta batalha são espirituais (Ef. 6:12-18). O objetivo é defender a fé das inovações e invasões por parte de alguns homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo. Pontos fundamentais são comentados nesses versículos que identificam seitas e movimentos religiosos contrários à Palavra de Deus:
1) Negam a graça de Deus em Cristo Jesus, adicionando outros referenciais para a salvação;
2) Negação de Deus afirmando que Ele seria uma força impessoal, ou de Seus atributos, ou mesmo questionando sua existência;
3) Negação do domínio e senhorio de Jesus como Cristo, isto é, o Messias prometido no Antigo Testamento, e cumprido como testifica o Novo Testamento.
4) Negação da Divindade de Jesus Cristo;
5) Ou negação de Sua humanidade;
6) Ainda outros negam a moralidade que as Escrituras imputam àqueles que são transformados pelo poder do Espírito Santo.
Diante de tantas afirmações que contrariam os ensinos das Escrituras, devemos ouvir a convocação para a batalha pela fé. Batalha esta que, diferente das humanas, não mata, mas dá vida àqueles que ouvem: e alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne.

FONTE: Bíblia Apologética, ICP Editora, Edição de 2000 – versão Almeida, Corrigida, Fiel

Nenhum comentário:

Postar um comentário